Monday, May 30, 2016

Literatura e Sociedade: A Cultura Do Estupro

A cultura do estupro, que é vista em uma sociedade quando há uma normalização em relação ao estupro, como ele é recebido e visto na nosso contemporâneo, é algo que não pode ser aceitado e vigorosamente criticado. Uma sociedade que cultiva essa cultura tem como característica culpar a vitima,  enxergar pessoas como simples objetos sexuais e até criar piadinha, piorando mais ainda o nosso jeito de enxergar tal eventos selvagens. Essa cultura não é só presente em nosso modo de enxergar a imagem nacional feminina como também é empregada na nossa literatura, mostrando cada vez mais como essa noção não é nova, e em muitos jeitos, foi fundada junto com o próprio pais. Isso é uma vergonha, e demonstra como o país é basicamente fundado em uma imagem mentirosa e prejudicial. Não podemos retratar mulheres como objetos, porque isso só criará um incentivo para atrair violências como o estupro.

"O Miranda não pôde resistir, atirou-se contra ela, que, num pequeno sobressalto, mais de surpresa que de revolta, desviou-se, tornando logo e enfrentando com o marido." - O Cortiço

No Cortiço, de Aluizio Azevedo, O desejo de Miranda é descrevido como irresistível, de algum jeito, amenizando sua culpa, como não havia como ele se controlar. Essa descrição que incrimina não o homen, mas sim a mulher, por estar vulnerável e sexualmente atrativa é muitas vezes refletida na nosso sociedade. Se uma mulher decide usar um decote, mini shorts e salto alto, é imediatamente visto como um convite ao estupro. É um modo de pensar que diz; Mulheres deveriam saber que se vestirem de um modo atraente, os homens não irão ter auto controle, portanto irão sem duvida insistir e fazer questão de fazer sexo. 

No Terra Papagali também podemos observar o jeito com que lidam com a imagem feminina indigena, de como ela é retratada como um objeta à ser presenteado. Essa imagem que, como é avaliado no Terra Papagali, cresceu junto com a nossa identidade nacional, influencia a nossa visão coletiva do lugar da mulher na sociedade. Revela que não podem participar ativamente das decisões que são feitas pelos homens, ou que não é aceitável que lutem contra o desejo de seus pais ou maridos, por que afinal de contas é um objeto que pertence à eles. Veem sua mulher/filha como vimos nossos computadores ou maquinas, um produto cujo único objetivo na vida é servir seu dono. Porém mulheres não são maquinas, objetos ou imagens para incentivar desejos sexuais, e não deviam ser vistas como tais. É importante que na nossa literatura, haja uma reportação de mulheres fortes, independentes e respeitadas, para que nossa imagem feminina mude e adapte com a evolução de nosso sociedade.

Wednesday, April 6, 2016

Critica do Livro Infantil De Onde Vem o Fogo



O livro infantil "De Onde Vem o Fogo" descreve como os índios descobriram o fogo de um jeito muito mistico.  Além disso, mostra uma tribo de indios morando em uma caverna e comendo comida crua. Na história, de repente, o fogo cai do céu e começa a ser usado para cozinhar. A representação do indio aqui é mais parecida com como o indio era bem antigamente, quando não dominavam a técnica de produção do fogo. Também representa os indigenas um tanto selvagens, através das roupas, enfeites no corpo e até o corte de cabelo parecido, vivendo em cavernas (nem as próprias tendas eles podem criar). Há uma mensagem escondida que interpreta a inteligencia dos indios como bem ignorantes, porque nem fazer o próprio fogo eles podem, tem que vir de uma fonte supernatural. 

Como é dito no texto "1500, o ano que não terminou de Eliane Brun "Um racismo-às vezes velado, às vezes explícito- é difundido através de meios de comunicação de massa e em redes sociais" O racismo às vezes é divulgado de um jeito muito superficial, e sem perceber essa errada visão de indígenas se enterram em nossos subconscientes. Por exemplo, nesse livro só do fato que todos índios estão morando na caverna e comendo peixe cru, ja representa os indios como selvagems. Crianças lendo algo assim ja vão ter uma representação errada dos indios presentes hoje em dia, principalmente porque indios só são representados dessa forma em historias infantis. 

Esse livro se reflete com o Guarani porque da mesma forma que esses indios são representados aqui, Peri é representado no Guarani. Aqui eles são feitos de selvagem porque moram na caverna, e no Guarani Peri é como um selvagem porque mata onças e escala arvores na floresta. Também reflete a ignorância que é representada aqui. Quando pensamos em indios pensamos que eles não tem nada de racional, só acreditam em historias que só são mitos para Brancos, e a mesma coisa é com peri que acredita também em forças superiores e religião, mesmo que só seja uma menina (Cecília) na vida real.

Thursday, March 17, 2016

Peer Coaching on Sabrina Castro



Clear Feedback:


This is a very good example of a clear shot, her elbows are straight when her birdie has contact with the racket, which is slightly facing upwards and her weight is shifted from the back leg to the front leg which gives her shot strength.  However, the birdie almost lands out of bounds, she could make sure that her shot isn't that strong.






Serve Feedback:

The contact is made a little above the waist and she isn't clearly transferring the weight from the back to the front legs. She could also improve the place the way the birdie lands, it is landing behind the short service line, however pretty high and this makes it easier for others to hit back.



Drop Feedback:

The drop is very nicely done as well. She approaches the net very quickly and pushes the birdie to the other side effectively, winning her team the point. However, the push is a little hard and she decides using an underhand instead of a touch above her head, which gives more time for the other team to advance.



Smash Feedback:
The smash is taken from no further then 3/4s the court, which is good in terms of positioning,
and she also tries to jump to add strength to her shot, however she misses the birdie and looses the point. This is probably because her racket is not facing downward, but she attempts to make a very rushes complete swing and this makes it hard for her to strike.


Game strategy Feedback:
She understands the rules and accepts if she gets them wrong, though sometimes can get a little bit competitive and argue with her partner, but overall seems very into the game. 

Friday, March 4, 2016

Formativa 15

  • A charge dialoga com qual outra imagem famosa?
A imagem do tio sam, um personagem simbolico nos estados unidos, que foi desenhado em uma charge que pedia que Americanos fossem para "recruiting stations" e se alistassem para guerra. Essa charge dialoga com a figura de tio Sam porque também chama para o recrutamento de cidadões brasileiros, porém tem uma differença. Essa diferença cria o humor e a satira da charge.
  • Que situação a charge satiriza?
A charge satiriza a situação de como os estatais, policiais e etc. e nosso país não são igual os americanos. Em quanto os americanos se recrutam para o bem do país, o brasileiro vira politico para roubar ou para entrar nos esquemas de corrupção. Não só mostra isso, mas fala que o brasil depende disso, como fala que é preciso de mais corruptos e que o brasil precisa desse ato de corrupção.
  • Em que aspectos a charge se assimila às Cartas Chilenas.

A charge, igual a carta chilena, pega uma situação real, que é a situação da vila rica, que exagera certos aspectos do comportamento dos lideres corruptos. Esse cartas nunca seria colocado de verdade em circulação, e ninguem diretamente convida os cidadões para virarem corruptos, porém o exagero nesse charge cria a satira igual o exagero cria a satira nas cartas chilenas.

Wednesday, January 27, 2016

Revisão de Textos

   
    No semestre passado, escrevi três redações dissertativas e percebi algumas areas em que meus textos não articulam muito bem. Em primeiro lugar, minha gramática e escolha de vocabulário as vezes são um pouco incorretas. Algumas frases ou argumentos que utilizo podem de vez em quando contrariar a minha tese. Um exemplo de quando fiz isso esta no meu segundo texto, sobre a reflexão dos clichés.

"Muito ao contrário, apresenta uma característica real do brasileiro, à do comodismo, que ilustra como a maioria das pessoas se interessam e se preocupam somente com a seus próprios lucros."

Nesse trecho, eu teria que escolher um dos cliches do povo brasileiro, e mostrar a verdade ou a validade de como ele retrata nossa verdadeiro personalidade. Portanto, nesse argumento, fujo do que escrevi na minha tese e fala de outro tema, portanto tirando a efetividade do meu texto. Mesmo que o comodismo também seja uma característica verdadeira, ela não ajuda a provar a minha tese que fala de outro assunto bem diferente.

Primeiro teria que mudar o mandamento para que pudesse se referir ao ultimo mandamento que diz que, "Quem não comer é comido" e então poderia mudar este argumento para algo assim:

"Muito ao contrário, apresenta uma característica real do brasileiro, à da violência, que ilustra como a maioria das pessoas são agressivas de um jeito ou outro, fisicamente ou até mentalmente.

Thursday, September 24, 2015

Reflexão Core Values semestre 1

Como eu sempre fui boa de olhar para o passado e destacar o que fiz de errado, eu escolhi o core value reflexivo "reflective" porque eu acho muito interessante reavaliar o meu trabalho. Os core values servem para nos dar áreas que podemos focar para sermos excelentes alunos.
A definição que a Graded dá para os alunos sobre o core value reflexivo (They regularly assess their strengths and limitations as learners in a spirit of continuous improvement and personal growth.) é quando os alunos conseguem refletir e ver os erros que a pessoa fez no passado. É quando a aluna pode ver os seus pontos fracos e fortes e conseguir trabalhar nele durante o ano. Em vez de só ignorar os seus pontos fracos, a pessoa tenta melhorar e ser um aluno melhor nos lugares que eles estão com dificuldade.
Ser refletiva na aprendizagem é muito essencial no nosso trabalho e na vida. Sempre devemos refletir sobre nosso trabalho, procurando áreas que precisam ser melhoradas e que são fortes. Para desenvolver esse core value, começarei a re-ler meus textos e também livros que analizamos, tentando olhar com uma perspectiva diferente e mais crítica em cada relida. Por fim, eu espero que minha escrita e leitura de textos possa melhorar e mostrar um entendimento mais aprofundado.
Em conclusão, ser reflexivo é essencial para ser um ótimo aluno. É importante saber refletir sobre os temas discutidos na sala de aula. Perceber o que pode ser melhorado, quais erros estão sendo feitos para que como aluno, possa concertá-los e aprender a não cometê-los novamente. Lendo textos e livros que analizamos irá ajudar na minha reflexão para que eu possa melhorar esse meu aspécto como aluna.

Thursday, August 6, 2015

Musica Brasileira

"Patria que me Pariu" é uma musica de Gabriel o Pensador produzida em 1993. Nessa musica Gabriel compara o povo brazileiro como uma criança abandonado. O governo não trata seu povo direito, botando seus interesses acima da maioria do país. Bem como a mae desse feto que o esmurra, o bota de lado, e o abandona, o nosso governo deixa a pobreza fluir.

Depois que Gabriel fala que a mae pedia para um mendigo esmurrar a sua barriga para abortar a criança, ele também traz uma caracteristica interessante sobre esse "feto"

E a cada chute que levava o moleque revidava lá de dentro
Aprendeu a ser um feto violento
Um feto forte escapou da morte

Nesse verso ele realmente destaca como o nosso povo sofre e ao mesmo tempo sobrevive. O feto realmente representa o povo Brasileiro, e o que é mais interesante é como essa metafora cabe bem com a situação atual. Em São Paulo, como vocé pode ver nessa foto, 32% de meninas ainda na adolescencia engravidam. Isso é diretamente ligado com a falta de qualidade da educação nas escolas publicas na nossa cidade.


Um assunto  muito descutido também é o da copa, e a obsecação do Brasileiro com o futebol. Gabriel mostra como isso na verdade só destrai a nossa população. Quer um exemplo? A copa do ano passado! Mesmo com o próprio povo sofrendo, lutando e chorando, o governo aceita um evento tão custoso para o entreterimento de outras nações? Não ha questões mais urgentes para serem resolvidas antes de hospedar o mundo enteiro? e as crianças criadas nesse país não tem um exemplo de pais trabalhadores mas sim de jogadores de futebol ganhando milhões só chutando bola. Esses são os seus herois e sem a ajuda ou alguem para abrir os olhos deles para a realidade, em vez de estudar, ficam jogando futebol em esperança do impossível.

Vou pra copa, vou pra Europa..."
Coitadinho!
Acorda moleque! Cê num tem futuro!

Gabriel tem uma opinião bem forte. Ele retrata o Brasil completamente negativamente e termina a sua musica com uma frase muito assustadora. 

Calibre doze na cara do Brasil
Idade 14, estado civil mo...rto
Demorou, mas a pátria mãe gentil conseguiu realizar o aborto.

Essa musica foi composta mais ou menos 20 anos atraz, porem critica um tema super recente sobre crianças cometendo crimes completamente serios. 

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2015/03/criancas-podem-ser-condenadas-prisao-perpetua-nos-estados-unidos.html

Nesta reportagem falam de como 63% de menores que cumprem a pena voltam a cometer crimes depois de serem liberados. E se eles forem mandados a presidios ou cadeias, muleques de 16 e 17 anos terão que passar boa parte ou a vida enteira lá. Então deveriamos prender as crianças cometendo crimes e tirar delas qualquer esperança de um futuro mais positivo? Realmente, é um tema complicado e que em muitas maneiras se connecta com a situação do Brasil.

E para finalizar, tem um trecho da musica que se liga muito com a questão da identidade Brazileira. Mostrando como o povo esta indeciso e em conflito, sem saber muito o que pensar ou fazer.

Então qual é a cara da criança?
A cara do perdão ou da vingança?
Será a cara do desespero ou da esperança?

Todos, como cidadões Brazileiros, ja em algum tempo se perguntaram essa pergunta. Deveriamos perdoar os escandolos dos corruptos? Ter esperança para nosso futuro como uma nação? Dessitir e procurar desesperadamente uma mudança?